sexta-feira, 31 de maio de 2013

EM TUTÓIA, PROFESSORES ASSISTEM SESSÃO DA CÂMARA MUNICIPAL E FICAM DECEPCIONADOS COM OS VEREADORES QUE SÃO LIGADOS AO PREFEITO DIRINGA BAQUIL, QUE NÃO ASSINARAM O REQUERIMENTO DA COMISSÃO PARLAMENTAR DE INQUÉRITO-CPI, PARA INVESTIGAR A NÃO APLICAÇÃO DOS 60% DOS RECURSOS DO FUNDEB EM 2009, E O NÃO PAGAMENTO DAS SOBRAS AOS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO.

FONTE; BLOG DO ELIVALDO RAMOS



Vereadores de Tutóia estão longe de assinar o requerimento do Vereador Zé Orlando para instalar a CPI que deve investigar a não aplicação dos 60% do FUNDEB em 2009 no pagamento dos profissionais da Educação

Sobre a CPI-Comissão Parlamentar de Inquérito- nenhum dos outros vereadores, além de Cristian Noronha e Zé Orlando, assinou o Requerimento para instalação da mesma para apurar fatos e ou irregularidades no não cumprimento de pagar os 60% do FUNDEB, pelo município de Tutóia, em 2009.
Muitos professores estavam presentes e ouviram falas e até defesas de alguns vereadores entre os poucos que utilizaram a plenária.

O vereador Zé Orlando falou chegou a lamentar “sei que a maioria aqui vai se manifestar de forma contrária (...) [para investigar] outra verdade que não seja essa certificada pelo Tribunal de Contas do Estado e que a CPI possa ter a responsabilidade de apurar e chegar aos números corretos”. E acrescentou “não vamos demonizar a CPI e muito menos querer que a prefeitura pague os professores com odinheiro errado (...) não pode pagar com o dinheiro de hoje, só pode pagar com o dinheiro de 2009 e comprovado que estava aguardando um decisão superior”.

O vereador Binha na sua fala disse que o assunto em questão é “de relevância (...) que os professores que tanto lutam pela melhoria do ensino são pessoas que merecem ser ouvidas”. No entanto, apresentou documentos espelhos do site do Tribunal de Contas do Estado onde mostra que ainda se encontra em tramitação a apuração da prestação de contas de 2009. Querendo dizer que não há motivo para instalação de uma CPI onde afirma “não vejo nesse momento nenhuma necessidade de CPI, (...)”.

O vereador Nilson disse que o voto e a análise de cada um são individuais, acrescentou ainda que já solicitou da Comissão de Educação “que apurasse os fatos urgentemente para que essa Casa tenha conhecimento dos seus passos e como proceder”. E acrescentou “estou pedindo a defesa do Excelentíssimo Senhor Prefeito em relação a referida Certidão (...) e peço que a Presidente da Comissão de Educação reúna seus pares pra que possamos analisar os fatos e depois daí tenho certeza que cada um dessa Casa vai ter seu devido posicionamento. Cada um aqui é dono de si e sabe como proceder”.

O vereador Cristian fez um esclarecimento e discordou das falas de Zé Orlando e Binha. Zé Orlando quando falou que o julgamento da prestação de contas de 2009 vai se arrastar e de Binha quando mostrou documentos dizendo que ainda tá em tramitação.
Cristian foi enfático “isso aqui não vai rolar mais não, isso aqui já tá aqui”, pois a Certidão elimina o dispositivo de defesa RIT nº 270/2011 disponível no site do TCE, uma vez que a Certidão é posterior a essa defesa. “Eu tive o trabalho de sempre estudar pra ninguém me enrolar (...). o documento encerra tudo isso aqui e esse documento não tem validade (Defesa nº 270), o que vale é esse aqui (Certidão)”.


E pra finalizar Presidente da Casa vereador Alexandre Baquilpediu ao vereador Cristian que trouxesse “lá do Tribunal de Contas [não parecer, pois] parecer é opinião e peço se você puder trazer as contas já julgadas do prefeito seria melhor ainda, [pois teríamos] a capacidade de julgar as contas do prefeito depois do Tribunal ter julgado e não com parecer”. Zé Orlando tentou interpelá-lo e o Presidente foi enfático não cabe aparte na palavra de presidente e chegou a dizer que o vereador Zé Orlando fez parte do governo em 2009 e os dois quase entraram em uma discussão nesse momento, mas a sessão foi encerrada.

Presentes e Plenária

Acima a esquerda: Ze Orlando; Acima a direita: Cristian; Abaixo esquerda: Binha; Abaixo direita: Nilson

O QUE FALTOU NA CONFERENCIA DA EDUCAÇÃO REALIZADA EM TUTÓIA?



POR ELIVALDO RAMOS

O que faltou na Conferência Intermunicipal de Educação que aconteceu em Tutóia?

Lembro de uma frase que ouvi de uma professora “parece que faltou começo, meio e fim”. Pois quando terminou, terminou sem jeito, sem muito gabo, sem aquele sentimento de “foi bom, gratificante, valeu ter vindo e discutido”.

Faltou sentido em parte do que se discutiu e aprovou.

Faltou a presença da Secretária de Educação de Tutóia. Não que eu queira dizer que era obrigação dela está ali. Mas a cidade foi a anfitriã da Conferência.

Faltou a fala dos professores de Tutóia. Com exceção de uma meia dúzia que se pronunciou, uma grande maioria pareceu atarantada e alheia ao que se discutia ali. Ora, o que discutíamos não era a Educação e ou temas pertinentes?

Faltaram verdades em muitos discursos de representantes das muitas instituições que aqui se encontraram. Ou talvez engane-me. Ou esteja exagerando?

Faltou bom senso de alguns. Consenso em algumas discussões.

Faltou parecer que era de Educação de qualidade o que se discutia.

Faltaram alunos, professores, gestores e pais, que, ao meu ver, são os atores mais importantes no processo da educação.  Afinal, são eles que diuturnamente se veem ali na escola ou em seus arredores. Pra não ser no todo desonesto vi alguns. Alguns das panelas dos governos das cidades que aqui se encontraram: Tutóia, Araioses, Santana Do Ma, São Bernardo, Araioses, Paulino Neves, Água Doce e Magalhães de Almeida.

Faltaram muitos segmentos que deveriam ali estar para compor o quadro de delegados pra representar e defender as proposições dessa região no encontro estadual que acontecerá em Agosto deste ano.

Faltou parecer ser Conferência de Educação.

Falta-me tempo pra escrever mais.

Mas, houve pontos positivos aprovamos alterações nas propostas que vieram prontas do Nacional e foram eleitos aqui delegados e suplentes dos vários municípios que aqui estiveram e devem defender as propostas dessa região no encontro que acontecerá em Agosto deste ano em São Luís, onde serão debatidas as proposições estaduais e eleitos os delegados para a Conferência Nacional que acontecerá em Brasília.

E no mais as fotos de muitos dos presentes e das danças folclóricas que animaram os dois dias de evento.


Final 


Delegados e suplentes eleitos

Momento de descontração e plenária


Falas de prefeitos e Sec. de Estado de Educação e outros


Danças folclóricas 

quarta-feira, 29 de maio de 2013

BOMBA! BOMBA! MINISTRO LOBÃO PODERÁ SER ALIADO DE FLÁVIO DINO! SARNEY ALERTA ROSEANA . PERIGO!!!!!


FONTE: BLOG DO LUIS PABLO




Sarney e sua filha Roseana
Sarney e sua filha Roseana
O ex-presidente do Senado Federal, senador José Sarney (PMDB-AP), desembarcou ontem (28) em São Luís, com uma grande preocupação: a possível aliança do ministro Edison Lobão com o presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB).
Sarney teve uma conversa muito séria com Roseana no Palácio dos Leões para tratar sobre o assunto.
Só entre os dois, uma conversa a portas fechadas, o senador disse para governadora do Maranhão que a forma como o grupo governista vem tratando o ministro de Minas e Energia está errado.
José Sarney revelou para Roseana que soube em Brasília de uma grande movimentação para Lobão se aliar ao grupo de Flávio Dino.
Segundo o peemdebista, tudo vem sendo arquitetado minuciosamente pelo senador Edinho Lobão e um forte grupo de oposicionista comandado por Humberto Coutinho, ex-prefeito de Caxias.
Ministro Lobão
Ministro Lobão
“Minha filha o que vocês estão fazendo com Lobão está errado. Ele tem ficado calado todo esse tempo porque algo pode acontecer contra o nosso grupo. Fiquei sabendo em Brasília de uma movimentação de uma possível aliança dele com Flávio Dino”.
O acordo entre o comunista e o ministro seria crucial para uma derrota garantida do grupo Sarney no Maranhão.
Edison Lobão sairia candidato ao governo do Estado contra o candidato do governo Roseana numa chapa apoiando Flávio Dino para o Senado.
Como o ministro agrega apoio de oposicionistas, ficaria mais fácil de unir o campo de oposição. Além do mais, Lobão não ficaria mais de um mandato no cargo e, caso eleito, garantiria o forte apoio do Palácio dos Leões para fazer o comunista o próximo governador do Estado, em 2018.
Comunista Flávio Dino
Comunista Flávio Dino
Sarney sabe da força e do poder que o Ministério de Minas e Energia – que trata assuntos com empresas multinacionais, tem para jogar pesado na campanha de Lobão.
O próprio titular deste blog já presenciou o senador Edinho Lobão conversando com o bilionário Eike Batista, no Hotel Pestana São Luís.
Vale ressaltar que a votação de Edison Lobão foi maior do que a de Roseana Sarney para o governo. Mesmo assim, um grupo seleto ainda tenta desprestigiar e jogar o ministro pra escanteio.
O jogo vai ser bruto. Anotem!

terça-feira, 28 de maio de 2013

CONFERÊNCIA DA EDUCAÇÃO CHEGA AO SEU FINAL COM ELEIÇÃO DE DELEGADOS


Segundo dia da Conferência aprovação de propostas e eleição de delegados

    FONTE: BLOG DO DABY SANTOS
    Uma a uma das propostas foram analisadas e aprovadas na plenária.
    Uma a uma das propostas foram analisadas e aprovadas na plenária.
    Teve continuidade hoje (28) pela manhã, a Conferência Maranhense de Educação na Unidade Integrada Expedito Baquil, no povoado Comum, em Tutóia. Hoje foram levadas a plenária todas as propostas que foram aprovadas nos trabalhos de estudo que foram divididos em sete eixos por equipes de representantes dos sete municípios da região realizados ontem.
    A professora Caroline de São Bernardo teve atuação destacada.
    A professora Caroline de São Bernardo teve atuação destacada.
    Os temas dos debates abordaram:
    EIXO I – PLANO NACIONAL DE EDUCAÇÃO E O SISTEMA NACIONAL DE EDUCAÇÃO: ORGANIZAÇÃO E REGULAÇÃO;
    EIXO II – EDUCAÇÃO E DIVERSIDADE: JUSTIÇA SOCIAL, INCLUSÃO E DIREITOS HUMANOS;
    EIXO III- EDUCAÇÃO, TRABALHO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL: CULTURA, CIÊNCIA, TECNOLOGIA SAÚDE, MEIO AMBIENTE;
    EIXO IV – QUALIDADE DA EDUCAÇÃO: DEMOCRATIZAÇÃO DO ACESSO, PERMANÊNCIA, AVALIAÇÃO, CONDIÇÕES DE PARTICIPAÇÃO E APRENDIZAGEM;
    EIXO V – GESTÃO DEMOCRÁTICA, PARTICIPAÇÃO POPULAR E CONTROLE SOCIAL;
    EIXO VI – VALORIZAÇÃO DOS PROFISSIONAIS: FORMAÇÃO, REMUNERAÇÃO, CARREIRA E CONDIÇÕES DE TRABALHO;
    EIXO VII – FINANCIAMENTO DA EDUCAÇÃO, GESTÃO, TRANSPARÊNCIA E CONTROLE SOCIAL DOS RECURSOS.
    professor Santa Cruz (Santana do Maranhão) e Jaqueline Carneiro, secretária de educação de Araioses  defenderam alterações das propostas do Eixo VI.
    Professor Santa Cruz (Santana do Maranhão) e Jaqueline Carneiro, secretária de educação de Araioses, defenderam alterações das propostas do Eixo VI.
    Ontem, na abertura dos trabalhos, o secretário de Estado Pedro Fernandes disse que “somente com educação de qualidade poderemos construir uma sociedade melhor e mais justa”. Ele defendeu o debate democrático com a comunidade nas conferências sobre propostas e soluções, a fim de construir coletivamente um novo modelo de educação.
    Uma a uma as proposições aprovadas ontem foram defendidas pelo relator de cada grupo dando a oportunidade da plenária aprovar como estavam ou fazer emendas. Foram horas de pleno exercício da democracia e empenho que objetiva melhorar a qualidade do ensino maranhense.
    Mais uma vez Araioses se fez presente e deu sua contribuição nos debates, onde Jaqueline carneiro, secretária de educação de Araioses, com extraordinária competência soube colocar e defender propostas que, se aceitas, vão contribuir para melhorar o nível do ensino nas cidades maranhenses, como é o caso de Araioses. Todas as propostas que foram aprovadas hoje serão levadas para a conferência estadual, que as aprova como estão, ou faz mais emendas e só depois é que serão finalizadas na Conferência Nacional.
    O propósito dessas conferências é que “a partir do diagnóstico construído pelo Governo do Estado, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e Ministério da Educação (MEC), a estratégia para modernizar a educação maranhense está focada na melhoria do nível de aprendizado, na universalização do ensino médio, no combate ao analfabetismo e no trabalho para institucionalizar o regime de colaboração entre União, Estado e municípios”.
    Na última parte da Conferência, já na parte de tarde, foram eleitos os delegados a Conferência Estadual e depois os conferencistas foram brindados com “Dança da Peneira” por um grupo de folclore local. Ontem, outro grupo, o Caroço Renovação, se apresentou fazendo um belo espetáculo com a “Dança do Caroço”, uma típica manifestação cultural de Tutóia.
    A "Dança da Peneira" contagiou os conferencistas.
    A “Dança da Peneira” contagiou os conferencistas.
    Vale destacar não só a presença no local, mas também toda a estrutura e apoio que foi dado aos conferencistas por Raimundo Nonato Abraão Baquil – o Diringa, prefeito de Tutóia.
    conferencia-tutoia5
    Milena, Ilana, Bibi Xavier, Conceição, Dadá Coutinho, Jaqueline Carneiro  Elson Coutinho, Mayara Araújo e Daby Santos – a galera de Araioses.
    conferencia-tutoia1
    Nayre, Teynha, Neire e Carmen – professora do Colégio São José de Tutóia.  
    conferencia-tutoia6
    conferencia-tutoia7
    Na foto de cima: vereador Elson Coutinho e a professora Mayara Araújo; na debaixo: Mayara Araújo e Elias Filho ( professor em Água Doce) e Elson  e seu pai Dadá Coutinho.

    segunda-feira, 27 de maio de 2013

    O JORNAL PEQUENO NOTICIA QUE "TEM PEIXE NA REDE" NA INVESTIGAÇÃO SOBRE O SEGURO DEFESO NO MARANHÃO

    PEIXE NA REDE

    ‘Aldo da Colônia’, de Icatu, ‘Vetinho’, de Bequimão, e ‘Oliveira Daducéu’, de Raposa, sacaram o benefício após tomarem posse; MPF e PF investigam fraudes no programa de ajuda aos pescadores na ‘piracema’. 

    JP24406.2

    Ao menos três vereadores maranhenses, eleitos no pleito do ano passado, estão cadastrados indevidamente como beneficiários do “seguro-defeso” – programa do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) de ajuda financeira (um salário mínimo) a pescadores na época em que é proibido pescar (a “piracema”, reprodução dos peixes). Os nomes dos vereadores constam como “pescadores artesanais” no Portal da Transparência da Controladoria Geral da União (CGU): Aldo Wilson Silva Machado, o “Aldo da Colônia” (PSB), de 47 anos, de Icatu; Erivelton dos Santos Pereira, o “Vetinho” (PMDB), 41, de Bequimão; e Roberto Oliveira Saldanha da Silva, o “Oliveira Daducéu” (PP), 52, de Raposa.

    “Aldo da Colônia” já sacou R$ 5.968 desde março de 2011. Foram 10 saques, sendo que dois foram feitos após Aldo assumir o cargo de vereador de Icatu: ele recebeu R$ 622 em 14 de janeiro deste ano, e R$ 678 no dia 31 do mesmo mês. Total dos saques após a posse: R$ 1.300.

    “Vetinho” tem saques registrados no portal da CGU desde abril de 2011. São 10 saques, totalizando, como no caso de “Aldo da Colônia”, R$ 5.968. Depois de empossado, o vereador de Bequimão igualmente fez dois saques – de R$ 622 em 3 de janeiro e R$ 678 em 4 de fevereiro (R$ 1.300, no total, sacados após tomar posse).

    Já o vereador “Oliveira Daducéu”, de Raposa, efetuou quatro saques, no valor total de R$ 2.600, desde janeiro de 2012. Em 24 janeiro de 2013, já empossado, fez um saque de R$ 678, e outro do mesmo valor em 15 de fevereiro. Total retirado após a posse: R$ 1.356.

    De acordo com a Lei número 10.779, de 25 de novembro de 2003, para ter direito ao “seguro-defeso”, o beneficiário deve comprovar que exerce efetivamente a atividade pesqueira e que esta é sua única fonte de renda.

    Os três vereadores mencionados recebem salários em torno de R$ 4 mil. Dois deles – “Aldo da Colônia” e “Oliveira Daducéu” – declararam ser “pescadores”, no registro que fizeram na Justiça Eleitoral. “Vetinho” registrou-se como “comerciante”.

    Os bens declarados pelos vereadores ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) têm pouco – ou nada – a ver com o perfil do “pescador”.

    “Aldo da Colônia” afirmou possuir bens avaliados em R$ 40 mil – uma casa (R$ 35 mil) e um terreno (R$ 5 mil). “Oliveira Daducéu” registrou R$ 70 mil em posses: uma casa (R$ 40 mil) e um carro Fiat Uno Way (R$ 30 mil).

    “Vetinho”, o “pescador/comerciante”, também é pecuarista, conforme revelam as 40 cabeças de gado, avaliadas em R$ 48 mil, que aparecem em sua relação de bens. Ele também registrou um terreno de 50 hectares (R$ 35 mil), uma casa com seis cômodos (R$ 30 mil), uma sala comercial (R$ 20 mil) e uma moto Honda Cross (R$ 9.500). Valor total dos bens de “Vetinho”: R$ 142,5 mil.

    Investigações – O Jornal Pequeno apurou que o Ministério Público Federal (MPF), por meio da Procuradoria da República no Maranhão, e a Polícia Federal (PF) investigam estes e outros casos de supostas fraudes no recebimento do “seguro-defeso” no estado. Em alguns municípios maranhenses, perto de 50% dos beneficiados não são pescadores, calcula o MPF.

    Procedimentos sigilosos já foram abertos, pelo MPF e pela PF, desde 2010, para investigar colônias e sindicatos de pescadores de pelo menos nove municípios do Maranhão: Conceição do Lago-Açu, Bacabeira, Pinheiro, Rosário, Pio XII, Peri Mirim, Araioses, Cururupu e Buriticupu.

    Moeda de troca eleitoral – O MPF e a PF suspeitam que – a exemplo de outros programas sociais do governo federal – o “seguro-defeso” esteja sendo usado como “moeda de troca” eleitoral, por meio da farta distribuição de carteiras de pescadores a pessoas estranhas à atividade.

    A suspeita já fez a PF cumprir, em 4 de outubro de 2011, mandados de busca e apreensão na Colônia de Pescadores Z-41, no município de Conceição do Lago-Açu (a 312 quilômetros de São Luís).

    Foram apreendidos na colônia documentos e computadores. A presidente da colônia é Lindalva Teixeira dos Santos, irmã da prefeita (reeleita em 2012) Marly dos Santos Sousa Fernandes (PSD).

    Segundo denúncias dos próprios pescadores de Lago-Açu, o vereador Alcimar da Rocha Mota, o “Mazinho Rocha” (PSL, também reeleito), teve uma carteira de pescador emitida em seu nome pela Z-41, sem nunca ter exercido a atividade.

    O JP tentou contato telefônico com os vereadores Aldo Wilson Silva Machado, Erivelton dos Santos Pereira e Roberto Oliveira Saldanha da Silva, mas eles não foram localizados em seus telefones pessoais nem nos das câmaras municipais de Icatu, Raposa e Bequimão.

    Mais de 150 mil pessoas recebem ‘seguro-defeso’ no MA

    JP24406.19

    Um levantamento realizado pelo Jornal Pequeno no Portal da Transparência da Controladoria Geral da União constatou que dos 217 municípios maranhenses, 185 têm beneficiários do “seguro-defeso”.

    No total, 150.017 pessoas recebem, no Maranhão, o benefício na época da “piracema”.

    Os cinco municípios do estado mais “inchados” de pescadores cadastrados são Pinheiro (7.467 pessoas beneficiadas), Rosário (5.261), Viana (4.950), Matinha (4.782) e Santa Helena (4.512).

    Em Pinheiro, a quantidade de “pescadores” do município corresponde a cerca de 9,5% da população de 78.162 habitantes. Em Rosário, 13,3% (população é de 39.576 pessoas); 10% em Viana (população de 49.496); 21,5% em Matinha (população de 21.885); e 11,6% em Santa Helena (população de 39.110). (Oswaldo Viviani)

    MUNICÍPIOS DO MA COM MAIS BENEFICIADOS PELO ‘SEGURO-DEFESO’*

    Pinheiro (7.467 pessoas beneficiadas)
    Rosário (5.261)
    Viana (4.950)
    Matinha (4.782)
    Santa Helena (4.512)
    Pio XII (4.283)
    Anajatuba (4.224)
    Arari (3.541)
    Bacabeira (3.452)
    Bacabal (3.442)
    S. João Batista (3.355)
    Tutóia (3.346)
    Cajari (3.330)
    Vitória do Mearim (3.272)
    Bom Jardim (3.161)
    Conceição do Lago-Açu (3.037)

    (*) Acima de três mil beneficiados

    Fonte: Portal da Transparência da Controladoria Geral da União (CGU) - POR OSWALDO VIVIANI.

    EX GOVERNADOR ZÉ REINALDO ACREDITA E DESEJA TODOS OS PARTIDOS OPOSICIONISTAS UNIDOS, PRINCIPALMENTE O PSDB, PARA APOIAR FLÁVIO DINO EM 2014


    Para Zé Reinaldo, PSDB é imprescindível a Flávio Dino em 2014


    Do blog do Clodoaldo Correa
    Em um bate-papo com um grupo de jornalistas, o ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) falou sobre vários temas e como prepara a articulação da campanha de Flávio Dino (PCdoB) ao governo do Estado em 2014. Para Zé Reinaldo, Flávio precisa ter entre cinco e seis minutos de tempo de televisão, o que será impossível sem o apoio do PSDB. Por esta razão, ele acredita que ainda não se pode fechar a candidatura ao Senado.
    josé_reinaldo
    Foto: Felipe Klamt
    “Não se pode fechar as portas para outros partidos, entre os quais o PSDB. Se o PSDB disser que só vem apoiar o Flávio se indicar o senador, o que faremos? O PSDB tem dois minutos e pouco. É o maior tempo na oposição. O Flávio tem que ter de cinco a seis minutos e sem o PSDB não conseguiremos”, afirmou Reinaldo.
    O ex-governador garante que só será candidato a senador se a oposição se unir e tiver ele como único candidato. “Se sairmos mais de um candidato vamos perder. Eu vou se for sozinho. Não podemos fechar as portas para outros partidos. Se conseguirmos reunir PSB, PCdoB, PDT, PSDB, PP, PPS somos mais fortes. Eu acho que dá para equacionar em uma única candidatura. O pessoal disse que tem um acordo. Que acordo é esse que eu não fui consultado?”.
    Zé Reinaldo aposta que se o senador José Sarney se articular no Amapá e garantir mais uma eleição por lá, tendo o filho Fernando Sarney como primeiro suplente, Roseana Sarney não deve ser candidata ao Senado, aumentando as chances da oposição. “Para eles, é muito melhor que ela permaneça no governo até o final”.

    CONFERÊNCIA ESTADUAL DE EDUCAÇÃO CHEGA AO BAIXO PARNAIBA, E NOS DIAS 27 E 28 CHAPADINHA E TUTOIA SEDIAM O EVENTO.

    Municípios do Baixo Parnaíba discutem melhorias para o sistema educacional

    FONTE: BLOG DO DABY SANTOS

      Secretário Pedro Fernandes fala aos participantes da Conferência de Educação em Tutóia Foto/Lauro Vasconcelos
      Secretário Pedro Fernandes fala aos participantes da Conferência de Educação em Tutóia Foto/Lauro Vasconcelos
      Ao abrir uma nova rodada das Conferências Intermunicipais de Educação (Comae), nesta segunda-feira (27), em Tutóia e Chapadinha – que integram a Unidade Regional do Baixo Parnaíba, o secretário de Estado de Educação, Pedro Fernandes Ribeiro, destacou que a educação é um dever e uma política do Estado, mas é necessária a parceria da sociedade para avançar na construção da melhoria do sistema educacional brasileiro. Ele convocou os prefeitos a fecharem o Plano de Ações Articuladas (PAR) até o dia 31, a fim de que tenham acesso aos recursos do FNDE.
      As conferências promovidas pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio da Secretaria-Adjunta de Gestão Institucional (Sagi), em conjunto com o Fórum Estadual de Educação (FEE), tiveram a participação de gestores, professores, prefeitos e representantes de diversos segmentos sociais de Mata Roma, Anapurus, Brejo, Milagres do Maranhão, Santa Quitéria do Maranhão, São Bernardo, Magalhães de Almeida, Santana do Maranhão, Araioses, Água Doce, Paulino Neves e Buriti.
      Luis Fernando A. Silva – Secretário Adjunto Educação do Maranhão Secretária de Educação de Araioses Jaqueline Carneiro e o secretário de Estado de Educação, deputado Pedro Fernandes - Foto/Daby Santos
      Luis Fernando A. Silva – Secretário Adjunto Educação do Maranhão Secretária de Educação de Araioses Jaqueline Carneiro e o secretário de Estado de Educação, deputado Pedro Fernandes – Foto/Daby Santos
      Pela manhã, ao participar da 24ª Conferência na Unidade Integrada Expedito Baquil, no povoado Comum, em Tutóia, Pedro Fernandes disse que “somente com educação de qualidade poderemos construir uma sociedade melhor e mais justa”. Ele defendeu o debate democrático com a comunidade nas conferências sobre propostas e soluções, a fim de construir coletivamente um novo modelo de educação.
      O secretário ressaltou que a Seduc, a partir de um diagnóstico sobre a educação maranhense, definiu pela implantação do projeto de planejamento estratégico, de curto, médio e longo prazo. Segundo ele, o planejamento está focado em quatro eixos que visam melhorar os indicadores educacionais do Estado. “Erradicar o índice de 19,1% de analfabetismo é uma das prioridades do governo Roseana Sarney”, disse.
      A partir do diagnóstico construído pelo Governo do Estado, em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) e Ministério da Educação (MEC), a estratégia para modernizar a educação maranhense está focada na melhoria do nível de aprendizado, na universalização do ensino médio, no combate ao analfabetismo e no trabalho para institucionalizar o regime de colaboração entre União, Estado e municípios.
      Conferência de Chapadinha reuniu prefeitos, secretários, professores, gestores educacionais e sociedade civil Foto/Lauro Vasconcelos
      Conferência de Chapadinha reuniu prefeitos, secretários, professores, gestores educacionais e sociedade civil Foto/Lauro Vasconcelos
      Chapadinha
      Durante a conferência realizada à tarde na Faculdade Baixo Parnaíba, em Chapadinha, Pedro Fernandes destacou que os avanços no sistema educacional, também, devem experimentar o processo de mediação tecnológica, que será implantado este ano, pela Seduc. Segundo ele, o projeto maranhense se consolidou como experiência exitosa em outros Estados e agora vai ser operacionalizado no Maranhão.
      O secretário voltou a defender a construção de um novo modelo de escola inovadora para a formação dos jovens maranhenses e reafirmou que a conferência tem como meta aproximar a Seduc das salas de aula e ofertar ensino de qualidade como política de Estado. “Precisamos urgentemente melhorar o nível de aprendizado dos alunos da rede estadual de ensino”, afirmou.
      De acordo com o secretário-adjunto de Gestão Institucional da Seduc e presidente do Fórum Estadual de Educação, Fernando Silva, ao participar das conferências intermunicipais realizadas em Tutóia e Chapadinha, na Região do Baixo Parnaíba, as conferências servem para discutir e conectar a elaboração do Plano Estadual de Educação, que será construído a por meio do diálogo direto do poder público com a sociedade civil organizada, sobre temas como a participação popular, cooperação federativa e o regime de colaboração na elaboração do PEE.
      Ele destacou que a governadora Roseana Sarney determinou a realização de debate envolvendo diversas parcerias para que a política de educação se consolide como política de Estado.
      Na avaliação do gestor da URE, Jânio Rocha Ayres Teles, a realização das conferências em Tutóia e Chapadinha estreitou os laços com a administração central da Seduc e possibilitou a abertura de um olhar mais atento da secretaria para a melhoria da educação na região.
      Ele reconhece que os indicadores educacionais dos municípios da região são frágeis, mas a conferência será transformada em um canal para apresentar problemas e buscar soluções, como propõe a Seduc. Ao falar sobre o sucesso dos dois eventos, Jânio Ayres destacou o interesse e a parceria fundamental dos prefeitos, particularmente de Tutóia e Chapadinha.
      Para a prefeita de Urbano Santos, Iracema Vale, o Plano Nacional de Educação e a construção da conferência estadual de educação são fundamentais para o desenvolvimento dos municípios. “A participação da sociedade no espaço democrático de políticas publicas da educação maranhense é fundamental”, salientou.
      Comitiva de Araioses
      Araioses se fez presente a Conferência Maranhense de Educação (Comae) realizada hoje em Tutóia. Jaqueline Carneiro, secretária de Educação, Dada Coutinho, secretário de Turismo, DabySsantos, secretário de comunicação, os vereadores Elson Coutinho e Alex do Giquiri, ale de professores e alunos participaram ativamente do encontro defendendo ideias que possam melhorar não só a educação do estado mas os aspectos que podem beneficiar o ensino araiosense.
      Amanhã, segundo e último dia do encontro serão aprovadas as propostas e a equipe de Araioses estará presente. A prefeita Valéria Leal estava sendo aguardada lá, mas teve que ir a São Luís participar do I Congresso de Secretarias Municipais de Saúde do Norte e Nordeste, que teve início nesta segunda-feira (27), no Rio Poty Hotel.
      coferencia-maranhense-educação-4
       Comitiva de Araioses: vereador Alex do Giquiri, Daby Santos (secretário de comunicação), Dadá Coutinho (secretário de turismo), vereador Elson Coutinho, professora Zezé, Jaqueline Carneiro (secretária de educação  e professora Conceição.

      domingo, 26 de maio de 2013

      MINISTRO DA SAUDE ALEXANDRE PADILHA PARTICIPARÁ DE CONGRESSO EM SÃO LUIS




      Ministro Alexandre PadilhaO ministro da Saúde, Alexandre padilha, estará em São Luís na próxima terça-feira (28). Padilha participará do I Congresso de Secretarias Municipais de Saúde do Norte e Nordeste, que será realizado no entre os dias 27 a 29 de maio, no WH Rio Poty Hotel, em São Luís.
      Ministro Alexandre Padilha
      Alexandre Padilha participará durante todo o sedundo dia do evento, que é o principal encontro de gestores municipais de saúde das regiões Norte e Nordeste do país. Na ocasião, ele acompanhará as discussões acerca do tema central do Congresso, “Desafios Regionais para a Consolidação do SUS”.
      A chegada do ministro está prevista para as primeiras horas da terça-feira. Às 10h ele concede uma entrevista coletiva à imprensa local, no WH Rio Poty Hotal, local do evento.
      Com o tema “Desafios Regionais para a Consolidação do SUS”, acontece, em São Luís, a partir desta segunda-feira (27) até quarta-feira (29), o I Congresso de Secretarias Municipais de Saúde do Norte e Nordeste. O evento acontecerá no Rio Poty Hotel (Ponta d’Areia), com abertura, nesta segunda-feira (27), às 20h. Na mesma ocasião serão realizados, ainda, o IX Congresso de Secretarias Municipais de Saúde da Região Nordeste, o V Congresso das Secretarias Municipais de Saúde da Região Norte e o I Congresso das Prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde do Maranhão.
      Estão confirmadas para a abertura as presenças do secretário de Estado de Saúde, Ricardo Murad; do subsecretário de Estado de Saúde, José Márcio Soares Leite, bem como de representantes de instituições como Conselho Nacional de Saúde (Conas), dos Conselhos de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), entre outros.
      (Com informações do Imparcial)

      O CENÁRIO POLÍTICO É FAVORÁVEL AO PROJETO DA OPOSIÇÃO MARANHENSE. FLÁVIO DINO ESTÁ BEM NA FRENTE DOS DEMAIS POSSÍVEIS CONCORRENTES EM TODAS AS PESQUISAS. SE NÃO FOR EM 2014, FICARÁ BEM MAIS DISTANTE A ALTERNANCIA DE PODER NO MARANHÃO.



      Se não for dessa vez, serão mais outros 50 anos de oligarquia


      POR JOHN CUTRIM

      O grupo Sarney enfrentará em 2014, talvez, uma de suas eleições mais difíceis. Diferente dos últimos pleitos, quando largaram bem na dianteira, pela primeira vez o nome ungindo da oligarquia sairá atrás.
      FDCoroataJá a oposição, por outro lado, irá para o embate na frente, com o comunista Flávio Dino. Ele lidera, até então, com ampla margem todas as pesquisas.
      Outro detalhe é o fato de que o governo irá apostar em um candidato desconhecido dos maranhenses, que busca se viabilizar perante o eleitorado.
      Agora não será Roseana Sarney que concorrerá ao governo que, mesmo com o desgaste, ainda tem eleitores cativos no interior do Maranhão.
      Isso não implica dizer que a eleição é fácil e muito menos já está ganha para Flávio Dino. De modo algum. A história mostra que quem esteve (está) com o controle dos Leões, jamais perdeu.
      O que difere agora é que o cenário nunca foi tão favorável para a oposição.
      A população não aguenta mais ver o estado ser o último em todos os indicadores sociais (resultado disso é a miséria e o atraso que ainda impera no Maranhão) e dá mostras de que não se submeterá ao poderio econômico. O ato de rebeldia do aluno em Governador Edison Lobão foi uma prova cabal disso, de que o povo quer mudança
      .